16 de agosto de 2013

b0iAr

Um dia o vagabundo decidiu voar até ao rio. Por isso chorou a noite inteira e inventou as nuvens. Depois gritou os silêncios e fez o vento. E foi...

6 de agosto de 2013

AtEuLaDo

Passo a passo, no sonho de um sonho sonhado
Sonho a sonho, no canto de um canto cantado
Canto a canto, no abraço de um abraço abraçado
O meu abraço é estar contigo, deste lado!

Medo a medo, no silêncio do silêncio calado
Silêncio a silêncio, no inquieto caminhar também gritado
Grito a grito, no sentir do sentir às vezes acorrentado
O meu leito corre assim, a teu lado!

5 de agosto de 2013

DeNoVo

Escorre-me a saudade no peito
Lambe-se na pele suada de tanta espera
Rompem-se as agonias no leito
Cabe-me o mundo todo assim perfeito
Em tudo o que foi e já não era...

Canta-se-me outra vez a dança
Pelos beijos sedentos que damos
Homem doce, livre criança
Vento próspero da esperança
Onde nos deitamos e ficamos...

Abre-se-me a alma ao futuro
Por entre esta entrega de magia
Acende-se um sorriso e já é dia
Cobre-se de perfume a sabedoria
Com que te amo e te perduro...


aTuAaUsÊnCiA

A tua ausência morde-me o tempo e já não sei muito bem contar. Contar os dias que faltam ou contar os passos obrigatórios. Sabes que o me...