29 de novembro de 2014

oSaBoRd0nAdA

Leva-me no calor da tua viagem. Pode ser pequenina. Mas leva-me. As pedras da calçada estão demasiadamente frias e as nuvens sabem sempre a espuma. Leva-me por entre os sorrisos do mundo na tua viagem. Pode ser secreta. As palavras do tempo estão cruelmente isoladas por entre solidões moribundas. Leva-me a ver as flores. A cheirar os olhares apaixonados. As minhas mãos estão a ficar podres de tanta surdez. O meu canto anda esquecido ao sabor do nada.

28 de novembro de 2014

Há o mar e todo o sonho que bebemos
Há o sonho e todo o calor com que nos temos
Há o calor e cada sorriso nos olhos de amar
Há os olhos e o regaço quente sempre a abraçar
Há o regaço e a flor em tom primaveril
Há a flor, toda a força de (teu) abril
Há a (tua) força tatuada na minha pele às vezes fria
Há esta pele de te ter, minha querida Maria
Porque só assim vale a pena tudo o que há
Porque só valendo a pena a vida se dá

2 de novembro de 2014

Am0rSeMpReNoVo

Corre, corre no meu peito o teu amor
Na água límpida da felicidade
Pedra a pedra me invento e sei
Que um dia assim é a verdade
de me ser pele, luz e calor

Canta, canta nos meus olhos o teu sorriso
Abraço e beijo de ficar
Passo a passo é força que vai
Abrir em mim o céu e o mar
E em tudo ser o que preciso!

LeGeNdA

Pac-man e suas princesas