5 de junho de 2014

rEaLl0vE

No movimento do tempo que passa
Na ternura das manhãs assim
No perfume doce de quem se abraça
Na canção, oferecida, tatuada em mim

No encanto do teu sorriso de magia
Na saudade que se semeia sem fim, sem fim...
No calor da tua pele que me guia
Na canção, oferecida, tatuada em mim

Na voz do campo em flor e profundo
Na dança solta, no vestido de cetim
Na verdadeiro amor sempre fecundo
Na canção, oferecida, tatuada em mim

No futuro que somos nós e queremos!
Na gravidez calma em tons de eterno jardim!
No muito dos beijos que se plantam no que temos!
Na canção, oferecida, tatuada em mim!

3 comentários:

Ailime disse...

Tão bela esta declaração de amor!
Um beijinho, Ailime

Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria disse...

Como hás-de amar serenamente
Se o mar calmo fica bravio em ti
Como hás-de dormir tranquilamente
Se de noite os sonhos te tiram de mim
Como hás-de sorrir docemente
Se a raiva punho se ergue em ti
Mas hás-de viver eternamente
Nos versos que fazes também para mim

:)

LeGeNdA

Pac-man e suas princesas