28 de outubro de 2008

d0oUtRoLaDoDaMoNtAnHa


Do outro lado da montanha existe um mar cheio de nós. Desses que amarrados cantam os sonhos. As marés, essas, são as respirações que os deuses entregam ao desejo. Nas onda espuma da sua caminhada. Do outro lado da montanha um segredo conta uma história de encantar. E todas as crianças sorriem. Em barcos coloridos que navegam serenamente. Do outro lado da montanha ecoam as vozes apaixonadas. Chamam-se os amantes. Cantam-se as viagens. Sussurram-se os abraços. Do outro lado da montanha há lugar para todos os corações. Fortes. Feridos. Tristes. Em gritos. Em chamas. De namoro. De fuga. Sem lar. Sem medo. Às avessas. Às escuras. Do outro lado da montanha subo degrau a degrau o teu olhar. Para ao chegar, sorrir devagar e descansar à tua janela. Que do outro lado da montanha vê-se a alma dos Homens!

11 comentários:

Maria disse...

Vou iniciar a caminhada, agora mesmo, para o outro lado da montanha.
Quero ter esta sensação, mas vivida, do lado de lá...

Deste lado sussurro-te um abraço
e deixo-te um beijo, Pedro

cristal disse...

~~~~~~L I N D O~~~~~~

Sem mais palavras!

Obrigada por este belo momento de poesia.


Num sussurro lhe envio um Abraço e um sorriso cor de mar :)

Maria P. disse...

Gosto desta montanha...

Bjos*

Apenas eu disse...

uma montanha de sentires...
quando se atinge o topo da montanha fica-se próximo do céu...

beijo Pedro

mariam disse...

Pedro,
hoje, do meu lado, está agreste...
gostei muito da sua montanha
galgar até ao topo dela e avistar o outro-lado deve ser a mesma sensação que teve João Garcia em Makalu...

adorei o poema.

boa semana
um grande sorriso :)

mariam

Donagata disse...

É para esse lado da montanha que eu quero ir...

Beijos

gabriela rocha martins disse...

um beijo redondo

forte grande imenso

deixado
deste lado da montanha
.antes
,um pouco mais a sul

MIMO-TE disse...

Suei ao subir a montanha
Lá no alto plantei-me
e fiquei em total contemplação
Era enorme a beleza que podia avistar...
Tudo sorria para mim ... e eu, deliciada, por lá permaneci...

Beijos nossos :)
Paula

Rotiv disse...

Olá :)
O Blogue dos Manteigas passou por aqui via Rosmaninho da Serra :)
Um abraço,
http://bloteigas.blogspot.com/

Lídia disse...

... que subida... não sei quando chegarei ao cume da minha montanha.

Twlwyth disse...

E o que é que existe deste lado?

Beijo

rEgReSs0a2012...

As palav r as que perdem o sent i do no vento são como pequenas pétalas de fino papel: tremendamente belas, parecem e t ernas, mas acabam ...