17 de abril de 2012

eXiStE

Existe um lado que sorri
Dentro do meu coração
Tudo o que tenho e vivi
É esse canto permanente na minha mão
Um sussurro de amor gritado
Uma chaga também de sufoco amarrado
Às vezes um rio acorrentado
Um toque de bandolim libertado
Com que faço e desfaço a solidão...

Existe um lado que chora
Na palma do meu olhar
Qualquer tempo que teima em não ir embora
Esse eterno beijo de tanto amar
Um passo mais no leito amassado
As palavras em verso mais que suado
Que na minha pele nunca se deixa calado
Porque é esse o todo do meu outro lado:
Ser-te, saber-te, ter-te a cada respirar!

1 comentário:

Maria disse...

O lado que sorri e o lado que chora. Duas metades do lado que é o teu que me é, me sabe e me tem a cada respirar!
O lado mais bonito de ti!

Abraço-te.

rEgReSs0a2012...

As palav r as que perdem o sent i do no vento são como pequenas pétalas de fino papel: tremendamente belas, parecem e t ernas, mas acabam ...