19 de outubro de 2013

cErRa0sDeNtEs

Cerra os dentes. Grita de dentro e atira os teus olhos à luz do sol, eterno pilar do mundo. As tuas mãos conseguem levar-te à maresia calma da viagem que ainda nem descobriste. A tua voz cantará o seu destino. E a tua pele será o manto que aquece cada segundo. Cerra os dentes.

2 comentários:

Maria disse...

Cerro os dentes. Grito de dentro de mim e olho o mar, vida de todas as vidas. As minhas mãos serão o aconchego em todos os colos. Mesmo os que ainda não descobri. A minha voz dirá apenas o que eu quiser. A minha pele será sempre a pele que te aquece. Que te cobre. Que te protege. Que arde nos dias frios e refresca nos estios mais quentes. Cerro os dentes. E abraço-te.

Helena Medeiros Helena disse...

Cerra os dentes... mas faz a tua poesia!

rEgReSs0a2012...

As palav r as que perdem o sent i do no vento são como pequenas pétalas de fino papel: tremendamente belas, parecem e t ernas, mas acabam ...