26 de agosto de 2014

v0lTa

Verte-se o poeta em rios de dor quando o tempo parece parar. Pergunta-se quais as formas do futuro. Inquieta-se na ondulação da pele. Rasga-se por inteiro e é assim mesmo.

1 comentário:

Ailime disse...

E os bons poetas são aqueles cujo coração se rasga por amor!
belíssimo!
1 beijo,
Ailime

aTuAaUsÊnCiA

A tua ausência morde-me o tempo e já não sei muito bem contar. Contar os dias que faltam ou contar os passos obrigatórios. Sabes que o me...