9 de julho de 2013

eMfReNtE


Porque o poema é luz, sol e lua
Porque a vida somos nós, a cada passo
Faz dos teus caminhos a viagem tua
Deixa-te sorrir à tristeza e ao cansaço
Porque o mundo tem a nossa cor
Porque a estrada é mesmo para andar
Faz os teus olhos fonte de ternura e amor
Deixa-te ser mais uma onda no vai-e-vém do mar 


Fotografias da minha querida amiga Cláudia Correia, gentilmente cedidas para este texto. 

2 comentários:

Maria disse...

Não mais uma onda, mas A onda de mar onde queres mergulhar, respirar, amar...

OUTONO disse...

...a cor da tua palavra...no vagueio do sonho...

Abraço!!

aTuAaUsÊnCiA

A tua ausência morde-me o tempo e já não sei muito bem contar. Contar os dias que faltam ou contar os passos obrigatórios. Sabes que o me...