5 de setembro de 2013

(H)aMaR

Leve, leve, o sorriso do dia a nascer
Mágico o sabor da tua pele em mim
Canto forte, nesta vida de te ter
Pousada em flor no meu jardim!

Bom, bom, o abraço do nosso abrigo
Céu de acordar neste amor sem fim
Abro-me em mar e tudo consigo
No embalo da flor no meu jardim!

1 comentário:

Maria disse...

Que dizer?
Setembro novo! Que a chuva, quando chegar, regue bem o teu jardim para essa flor não secar!

Abraços.

PoDeSeR

Pode ser que os dias sejam apenas ilusões Pode ser que cada sonho se limite ao sumo das canções Pode ser que um poema consiga abrir o mar Po...