6 de abril de 2015

mUsA

Que pedaços leva o mar dos pensamentos do amor? Quantas praias, leitos e caminhos sangram o seu fervor? Ai, bela musa da minha existência... és natureza em mim!

m0rAsEmMiM

Moras na solidão mas os teus olhos são de mar Moras na solidão mas o teu bairro é a tua voz Moras na solidão mas o teu corpo é de bail...