1 de julho de 2015

LáGrImA

Pode ser que um dia as nuvens me tragam o teu sorriso, branco e puro, numa qualquer brisa junto ao mar e à vida. Espero-te. Com todo este olhar aberto e atento, para te mostrar o mundo todo. Em amor, canto e poesia. Existir é isso. Saber olhar o céu e sonhar. Conseguir pisar o chão e rir e chorar e ser.

Sem comentários:

m0rAsEmMiM

Moras na solidão mas os teus olhos são de mar Moras na solidão mas o teu bairro é a tua voz Moras na solidão mas o teu corpo é de bail...