26 de dezembro de 2012

ApReNdIzDeSiLêNcIoS

Ensinas-me o silêncio e eu não sei
Deixo o tempo a esvaziar...
Onde está o sorriso que te dei?
Guardado, a chorar...

Reforço-me no que não sou
Este calo que se cala assim...
Parece que tudo parou
Numa chaga que não se fecha em mim!

2 comentários:

Maria disse...

.............
Nada que um ferrero rocher não resolva.......

;)

Silenciosamente ouvindo... disse...

Venho desejar um Feliz 2013.
Outro desejo: que nos visitemos
mais em 2013.
Tudo de bom para si.
Bj.
Irene Alves

PoDeSeR

Pode ser que os dias sejam apenas ilusões Pode ser que cada sonho se limite ao sumo das canções Pode ser que um poema consiga abrir o mar Po...