16 de junho de 2013

SoBe0cÉuNoMeUpEiTo

Sobe o céu no meu peito
No embalo de um grito de amor
E o sol sorri à passagem dos amantes
Cantando melodias em tom de flor

Nasce um jardim colorido
De cheiros de pele dançando no leito
Tudo somos neste momento que para
Quando o céu sobe no meu peito!

1 comentário:

Maria disse...

Pleno! plEno pLeno plenO pleNo etc etc etc.......
Guarda-o bem no peito. Sempre. Para sempre!

Abraço-te

rEgReSs0a2012...

As palav r as que perdem o sent i do no vento são como pequenas pétalas de fino papel: tremendamente belas, parecem e t ernas, mas acabam ...