19 de junho de 2013

FeLiCiDaDe

Lembram-me os teus pés à beira das ondas. As lágrimas de emoção e o tempo a fazer-se magia. Na respiração da minha pele. No sorriso que se fez sol.

1 comentário:

Maria disse...

Deixo-te com o teu estado de graça total!
Sem mais comentários...

Abraços.

aLuCiNaÇã0

Prometo-te um poema de amor, meu amor. Sim, hei-de chamar-te "meu amor"... Posso, meu amor? Gosto da palavra "amor&quo...