1 de junho de 2017

sEmTíTuLoCoMd0r

Hoje ele disse-lhe mais uma vez: "Meu, amor, eu não ando bem." E ela disse: "Não te preocupes, eu estou aqui. Sou a tua companheira." Nessa mesma noite ele ficou novamente a olhar as paredes da sala e ela no computador, com certeza a cuidar de uma casa qualquer comum.

1 comentário:

aLuCiNaÇã0

Prometo-te um poema de amor, meu amor. Sim, hei-de chamar-te "meu amor"... Posso, meu amor? Gosto da palavra "amor&quo...