17 de setembro de 2010

n0p0rTo



Levo-me ao ENCONTRO que em mim cabe
Sempre que no escuro faço luz nas palavras que dizes.
Abraço cada pedaço de nós e que o céu desabe
Que neste momento, mesmo a chorar, somos únicos, bonitos e felizes!
.
.
.
.
.

5 comentários:

Lídia Borges disse...

"Abraço cada pedaço de nós e que o céu desabe"

Pode ser tanto um abraço assim.

L.B.

Maria disse...

Mesmo que o céu desabe
continuamos
únicos, juntos, bonitos, amigos e felizes...

Até já.

G... disse...

Que o público te encontre e se renda aos vosso ENCONTRO Pedro.
Não é difícil: o caminho é doce e o destino é mágico!
beijinho

Filoxera disse...

Continuam juntos, bonitos, amigos e felizes e a proporcionar momentos de felicidade aos que vos escutam.
Vai ser um Encontro maravilhoso, certamente.
Beijos.

zmsantos disse...

Foi lindo. No Porto é sempre lindo...

Abraço-te.

aLuCiNaÇã0

Prometo-te um poema de amor, meu amor. Sim, hei-de chamar-te "meu amor"... Posso, meu amor? Gosto da palavra "amor&quo...