3 de outubro de 2011

oScAmInHoSdAfLoReStA

Nos  caminhos da floresta encontram-se os medos e os segredos todos da alma. Pequenas histórias e enormes sonhos. Os silêncios da saudade estrada acima na ânsia da porta aberta. Os sussurros que pedem calma. Os heróis todos metidos num só gesto. Surpreendentemente como o tempo: umas vezes sim; outras sabe-se lá! Ai, os caminhos da floresta que recolhem a minha vida toda como um pote onde germinam os cânticos, os beijos, os sorrisos, a plenitude de SER!

Sem comentários:

aTuAaUsÊnCiA

A tua ausência morde-me o tempo e já não sei muito bem contar. Contar os dias que faltam ou contar os passos obrigatórios. Sabes que o me...