6 de março de 2008

n0aLt0


Sempre que um homem sonha as vozes do sangue elevam-se ao mais alto cume da sua saudade...












27 Janeiro 2007

7 comentários:

tufa tau disse...

não entendo os sonhos que queremos apenas sonhar.
e saudosos ficamos perdidos à espera da próxima saudade.
uma que pode tardar ou até não chegar na realidade.
e o cume ficará frio sem que o sangue volte a lá chegar.

pin gente disse...

naquele alto cume acerco-me do azul do céu
elevando uma das mãos agarro essa saudade
aconchego-a no peito como um bem só meu
que guardarei com carinho até à eternidade

Maria Laura disse...

Mas é uma saudade doce a que está associada ao sonho. Uma saudade que não queremos deixar ir...

Paula disse...

O sonho e a saudade!
Mas às vezes é necessário deixar o passado e sonhar com um futuro e sobretudo com um presente também.
A vida é uma sucessão de sonhos que se fazem presentes!...

Abraço

gabriela r martins disse...

há uma saudade
de nós
em cada minuto que vivemos




.
um beijo

Alma Nova disse...

"Sempre que o Homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança."

O Sonho é a mola, a força, o motor...que nos leva, nos impele, nos conduz...por esse mundo fora...em serenas estradas de luz.

Maria P. disse...

A saudade une?!...

Beijos*

LeGeNdA

Pac-man e suas princesas