12 de janeiro de 2015

dIáLoGoS

Ouves os silêncios da minha saudade, Pequena Pantera?
Só ouço gritos...
Esses mesmos!

Pequeno Príncipe, sentir saudade é bom...
Depende.
De quê?
De mim.

Pequena Pantera, gostava de saber ler-te.
É fácil. Não é preciso muito.
O que é preciso, então?
O coração.

Sabes uma coisa, Pequeno Príncipe?
Diz.
Hoje pensei em ti.
E depois?
E depois foi bom.
Que fizeste?
Deixei os silêncios a embalar-me.
E depois?
Dancei!

1 comentário:

Maria disse...

Esta Pequena Pantera persegue-te, Pequeno Príncipe...

Beijio-te, com um sorriso.

aTuAaUsÊnCiA

A tua ausência morde-me o tempo e já não sei muito bem contar. Contar os dias que faltam ou contar os passos obrigatórios. Sabes que o me...