2 de janeiro de 2009

oAm0rFeItoCaMiNh0eMnÓsNoSiÊnCi0


Pode ser o amor um caminho em nós
Por onde nos perdemos e sofremos e caímos vezes sem conta...
Um fim tornado começo, uma fonte na foz
Onde desagua um rio feito lágrimas e se desmonta
Para de novo renascer ao morrer...
Como um caminho,amor, em nós pode ser
..... Um segundo de pele entre a saudade...

.......... Uma comichão em torrente onde o tempo se incendeia...
............... Um pedaço da nossa história feito mentira no grito da verdade...
.................... Um silêncio a dois em praia do tamanho de um grão de areia!

12 comentários:

Som do Silêncio disse...

Fico feliz por saber que a tua "ida" foi rápida.
Quem nasce poeta...será sempre poeta!

Um beijo e um excelente 2009

Som

Maria disse...

Pode o amor ser apenas um momento
intensamente vivido sofrido chorado
Pode o caminho ser íngreme e duro
o difícil é fácil se a dois caminhado
Pode o rio mudar o rumo e nascer na foz
percorrer os montes e no silêncio desaguado
Podemos dar-nos as mãos e assim abraçados
Caminhar para o futuro sem esquecer o passado...

Belo é "o amor feito caminho em nós, no silêncio"...

Um beijo grande, Pedro

Miguel Barroso disse...

Os silêncios espraiam-se como cupidos



Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

TCHI de Tchivinguiro disse...

Bonne Année!

Felice Anno Nuovo!

Feliz Ano Novo!

Feliz Año Nuevo!

Glückliches Neues Jahr!

Happy New Year!

Shubho Nabo Borsho!

364 abraços sem longe.

Apenas eu disse...

O amor...
Nunca tinha pensado Nele assim.
Talvez porque não pronuncio determinadas palavras.
Uso o silêncio para o chamar.
Assim sem nome, quando o perco não tenho como lhe gritar... uso o silêncio outra vez.
Manias :)

O teu poema está Lindo demais.

Beijo meu

Paula Raposo disse...

Mais um belo poema, Pedro! O amor pode ser tudo isso...beijos.

mariab disse...

"Um segundo de pele entre a saudade". Por vezes é só o que conta.

Aprecio a beleza dos teus textos.
Convido-te a visitar o meu espaço. beijo

Mariana disse...

Amor, uma palavra tão generalizada que pode originar sentimentos tão diferentes!
beijinho

mariam disse...

Pedro,
belo poema!

É ASSIM O amor, TAMBÉM...

um abraço e o meu sorriso :)
mariam

Maria P. disse...

E feito de nós...

beijos*

Fátima disse...

Amigo,

Belo poema, transporta AMOR nos instantes da vida!

:-) abraço

Multiolhares disse...

Antes de mais venho agradecer a visita ao meu cantinho.

Pode ser tudo o que quisermos construir,
e o amor é construção uma
pequena palavra que quando sentida
na sua real essência pode elevar o ser humano,
e deixar o mundo a levitar
beijos

aLuCiNaÇã0

Prometo-te um poema de amor, meu amor. Sim, hei-de chamar-te "meu amor"... Posso, meu amor? Gosto da palavra "amor&quo...