12 de janeiro de 2009

eStRaDa


Sabes que a nossa estrada é um labirinto cheio de canteiros? Espelhos de nós, de mistérios, de sonhos, de poemas e canções onde nos deixamos perder vezes sem conta. E fazemos de conta que é uma estrada para andar e a gente não pára. Porque há ventos e mar. Os que inventamos ao acordar... ao adormecer... ao respirar... ao lutar. Somos viajantes dentro dos destinos! Peregrinos à solta de mãos dadas com o fogo. Saltimbancos mágicos que nos devolvem essa liberdade maluca e os beijos. Todos os beijos e abraços que soubermos dar enquanto houver estrada para andar... Sabes, Jorge. Amo-te. Assim. No encalce de todos os amantes também. Na ponta dos teus dedos que têm o cheiro dos mantos e das janelas. Na tua voz. Na tua história... De onde ilumino as flores e os frutos e os segredos e as solidões e o meu jeito de gostar de chorar... Nesta inquietude de ser maré forte. De tecer todas as malhas do olhar. De nunca querer chegar... Só para dizer que ainda há estrada e que a gente vai continuar... Para voltar a dizer que gosto de ti. Que hei-de cantar (te) até morrer. Encosta-te a mim...
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Foto retirada da net... enquanto não chega a minha...

11 comentários:

Pedro Branco disse...

Fiz este texto ao som de uma música do Jorge chamada "A gente vai continuar". Depois disse-o alto, acompanhado na versão da Mafalda Veiga. Experimentem.

Maria disse...

Que bonito...
Encosto-me a ti.
Porque a gente vai continuar, porque há muita estrada (ainda) para andar...
Abraço-te assim, em redondo...

Já te disse que gosto do que escreves?

Um beijo grande

cristal disse...

Lindo!!

Conhecia a canção, mas não na voz da Mafalda Veiga....uma delícia!!

"...enquanto houver estrada pr'andar
a gente vai continuar
enquanto houver ventos e mar
a gente não vai parar...."
e...
Também adoro Jorge Palma...(e Mafalda Veiga)
e
Adorei este post!
Obrigada por este instante.

Um Abraço Pedro

mariab disse...

Belíssimo. Emocionaste-me talvez porque também eu amo Jorge Palma,
Beijos

Vekiki disse...

Faço minhas as tuas palavras. Jorge Palma, eu também o AMO!

Montanha Azul disse...

Gostei muito deste teu post. Que a tua voz nunca se cale...nem as voz dos teus dedos.

Apenas eu disse...

Encosto-me a Ti, e ao Jorge, e a todos aqueles que de coração sem destino caminham enquanto houver estrada para andar... na inquietude de beijos e abraços, na inquietude da vida sem inquietar ninguém. Apenas caminhar e disfrutar.

Beijo Pedro
Está excelente!

as velas ardem ate ao fim disse...

Eu nao gosto do Palma..amo-o!

Encosta te a mim!

um bjo P

MisteriosaLua disse...

Lindo! E este texto, sei eu onde foi inspirado! ;)
Teremos novo membro Ass-a-Fora?
Besitos

mariam disse...

assisti a um concerto seu, com seu filho, no Teatro Municipal de Torres Vedras, neste Verão, intimista, com um Jorge d'plho brilhante e ...FELIZ (ele o disse)
não sou fã de nada nem ninguém, mas se fosse, ELE era um deles...
obrigada p'la partilha destas fantásticas palavras!

um grande abraço
bj
mariam

mariam disse...

errata:"d'olho brilhante" :)

aTuAaUsÊnCiA

A tua ausência morde-me o tempo e já não sei muito bem contar. Contar os dias que faltam ou contar os passos obrigatórios. Sabes que o me...