20 de janeiro de 2009

BúZi0


Existe um caminho no meu coraçãoCapaz de tapar todas as históriasOnde cada passo é uma inquietaçãoNo sabor dos sonhos e das memórias
Existe um poço de fundo no peitoCravado na doce e intranquila saudadeOnde me perco, assim ao meu jeitoOnde me quero encontrar, mesmo que seja tarde
Existe um poema maior em mimQue me escreve olhos nos olhos sem cessarCanção de amor eterno, sem nunca ter fimOnde desaguo todos os dias, feito rio feito mar
-----------------------------------------
-Só nos passos de quem passaNo enredo de quem cantaEm tons de carinho, fome ou desgraçaVoltaremos ao encontro e tudo outra vez se levanta!

5 comentários:

Maria disse...

Existe um poema maior em ti, é verdade. Um poema que não me cabe nas mãos, apenas dentro do peito. Um poema ternura, feito rio e feito mar, feito fogo e feito ar.
Existe um poema maior em ti, e esse poema é ENORME!

Um beijo, Pedro

Paula Raposo disse...

Belo o poema que existe em ti...gostei imenso! Beijos.

mariam disse...

Pedro,
leio-te e desta vez não consigo comentar, aliás, deixo um poema muito especial...que gosto muito.

"Só

Chora.Inventa a tua praia de lágrimas cheias de grãos e pequenitas pedras no vai e vem das marés. Depois levanta a cabeça para o sol e oferece-lhe um sorriso. O teu sorriso. Talvez a medo. O sol saberá guardá-lo e mostrá-lo ao mundo. Nesse momento voltaremos a cantar. Na aragem dos poetas..."

Pedro Branco, in "escolhas"

abraços e o meu sorriso :)
mariam

Miguel Barroso disse...

Muito bom.

Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Apenas eu disse...

é isso! Tu és uma doce e intranquila saudade...
tens nas mãos o poder de uma caneta cheia de pensamentos.
és o nosso poema, atrevessado, inquieto, rio ou mar...

beijos meus

aLuCiNaÇã0

Prometo-te um poema de amor, meu amor. Sim, hei-de chamar-te "meu amor"... Posso, meu amor? Gosto da palavra "amor&quo...