3 de maio de 2009

mÃe

Destaspalavrasjáditassempresentidasemtodososdiasenãosóneste...


Envio um abraço sentido a todas as mulheres!
.
.
.



Rompes-me o corpo com o teu olhar
De cada vez que sou horizonte
Entrego-me, mãe, ao teu acordar
Como um rio que regressa à fonte
.
Nas mãos, o teu silêncio de ninar
No sorriso, um abraço em ponte
Entrego-me, mãe, de novo ao teu olhar
De cada vez que sou horizonte
.
Saliva de palavras por fechar
Seiva de dentro, em verso e monte
Rompes-me, mãe, o corpo no teu acordar
Como um rio que regressa da fonte

7 comentários:

Maria disse...

Há dias que já me vão passando despercebidos tanta força fiz para que desaparecessem...
Há palavras que me entram pelos olhos e deles fazem rio que nunca segue para a foz...
Há abraços que se dão de longe mas se sentem quentes ardentes em fogo no sangue que me corre nas veias...
Há momentos tão felizes como este em que ainda sinto a ternura das tuas palavras e o teu abraço que me fez rio...

Outro abraço, dos nossos, Pedro.
E beijos. Tantos por aí...

Apenas eu disse...

Olá Pedro!
Bonitas palavras que dedicas á Mãe, á Tua Mãe e a Todas as Mulheres.
Obrigado.

Beijos meus.
(senti o abraço)

pin gente disse...

ser mãe é dádiva de poder dar sem condição
alimento, carinho, ternura e devoção
é sentir dento do peito outro coração
e estar sempre à espera de partilhar a mão

ser mãe é saber dizer amor com um olhar
chorar doces lágrimas para o festejar
é sentir uma força imensa, e não parar
e ter no sangue nova vida a despontar

ser mãe é nunca mais estar só
pacificar momentos tendo dó
apertar forte todo e cada nó
até uma dia alguém dizer, avó



obrigada pelo abraço, sente-se
um beijo (e)terno para um grande pai

A CONCORRÊNCIA disse...

Uma linda homenagem a todas as mães e a todas as mulheres.

Retribuo o abraço sentido.

cristal disse...

LINDO!!

Obrigada Pedro

Um Abraço

mariam disse...

Pedro,

Obrigada!

abraço-te também,
com um sorriso amigo :)
mariam

Pedrasnuas disse...

"Rompes-me o corpo com o teu olhar
De cada vez que sou horizonte
Entrego-me, mãe, ao teu acordar
Como um rio que regressa à fonte"

ESTE POEMA É LINDO,MUITO LINDO MESMO!!!
A PROCURA DA MÃE E A PROCURA DO FILHO...

QUADRO TÃO TERNO...

LeGeNdA

Pac-man e suas princesas