1 de maio de 2009

nUnCaPáReSdEgRiTaR...c0mAgEnTe!

Nem sempre conseguimos dizer o que gostaríamos da forma como gostaríamos. E eu queria tanto mostrar o meu apreço e admiração por Rogério Charraz, que venho descobrindo aos poucos, e que ontem, mostrou mais uma vez que é lindo! Desculpem se repito um texto anterior (12 de Janeiro de 2009), mas este, serve-lhe que nem uma luva!
.
.
.
.


Sabes que a nossa estrada é um labirinto cheio de canteiros? Espelhos de nós, de mistérios, de sonhos, de poemas e canções onde nos deixamos perder vezes sem conta. E fazemos de conta que é uma estrada para andar e a gente não pára. Porque há ventos e mar. Os que inventamos ao acordar... ao adormecer... ao respirar... ao lutar. Somos viajantes dentro dos destinos! Peregrinos à solta de mãos dadas com o fogo. Saltimbancos mágicos que nos devolvem essa liberdade maluca e os beijos. Todos os beijos e abraços que soubermos dar enquanto houver estrada para andar... Sabes, Jorge. Amo-te. Assim. No encalce de todos os amantes também. Na ponta dos teus dedos que têm o cheiro dos mantos e das janelas. Na tua voz. Na tua história... De onde ilumino as flores e os frutos e os segredos e as solidões e o meu jeito de gostar de chorar... Nesta inquietude de ser maré forte. De tecer todas as malhas do olhar. De nunca querer chegar... Só para dizer que ainda há estrada e que a gente vai continuar... Para voltar a dizer que gosto de ti. Que hei-de cantar (te) até morrer. Encosta-te a mim...

7 comentários:

pin gente disse...

os amigos merecem todos o nosso amor... e o teu/vosso parecer ser belíssimo.
palavras em que ofereces o bater do teu coração, o teu cheiro... a tua mão...

um beijo (e)terno, pedro

Maria disse...

Sei o que representou para ti este texto, quando o escreveste. E o que representa, ainda.
Sei o que sentes e do apreço que tens pelo Rogério. De há muito tempo.
Assim te digo que "enquanto houver estrada para andar, a gente vai continuar." E que a estrada ainda agora começou. E que vamos continuar.
Encosta-te a mim...

Um abraço nosso, Pedro

Rogério Charraz disse...

Epá, isto é o que se chama um "menage a trois"!!

Orgulha-me estar entre um "monstro" das canções e um "monstro" das palavras.

Bem hajas, Pedro!

as velas ardem ate ao fim disse...

Bom 1º de Maio!

Viva a liberdade

bjo

Maria disse...

Tentar a esta hora dizer o mesmo que disse à hora do almoço é um pouco difícil... O meu comentário não ficou no teu mail...

Dizer que sei exactamente o que queres dizer com este post. O que sentiste quando o escreveste em Janeiro e o que sentes hoje. E dizer-te que sei que vamos percorrer, juntos, todos os caminhos, da estrada que há para andar e que a gente vai continuar. Para voltar a dizer que gostamos do Rogério.
Encosta-te a mim...

Um abraço dos nossos, Pedro.

1.5.2009
13.20

Apenas eu disse...

Sabes que a tua estrada é linda?
Sabes que os Teus Amigos/as a percorrem contigo? Sempre!
Sabes que eu tenho um lugarzinho aí? ás vezes não me vês mas eu estou a caminhar e lá me perdi nalgum trilho...
Sentida Homenagem a Tua.
Encosto-me a Ti e deixo-te um abraço. és uma pessoa linda.

A CONCORRÊNCIA disse...

Mesmo atrasada não posso deixar de comentar este teu post. Tenho desculpa porque só hoje bebi estas tuas palavras. Estamos no início de uma estrada, que estou convicta, nos deslumbrará a cada passo que for dado. As flores florescerão magnificamente nesta caminho que dia a dia vai sendo percorrido, em cada gesto de amizade, em cada entrega de uma pureza que comove.

Beijo grande Pedro

aTuAaUsÊnCiA

A tua ausência morde-me o tempo e já não sei muito bem contar. Contar os dias que faltam ou contar os passos obrigatórios. Sabes que o me...