13 de dezembro de 2010

pEl0tEmPo


Pelo tempo que foi, o tempo que vem

Um abraço sempre bom e um copo de vinho

Cada minuto que passa se refaz também

Nas flores que plantamos pelo caminho


Pelo tempo que foi, o tempo outra vez

Um beijo, uma pele, uma canção

Maré feita em nós que em nós se fez

Nas flores que deixamos pintar o chão


Pelo tempo que foi, o tempo sempre assim

Sussurros, lágrimas, luta... apenas o olhar

Como quem ama e rega o seu jardim

Transformando todo o tempo em mar!

5 comentários:

Maria disse...

Neste momento não tenho palavras para ti, Pedro. Apenas chovo. Contigo.
Volto mais tarde, mas estas palavras ficam no meu peito.

Abraço-te. Muito.

Maria disse...

Voltei para te dizer que esta foto é muito especial.
Fico, em silêncio.

Apenas eu disse...

Muito bonito Pedro.
Um beijo meu nos dois.

amtstsps

Maria disse...

Ainda não é hoje que o tempo me deixa voar nas palavras. Mas deixa-me dar-te um abraço...

Maria disse...

Pelo tempo que foi
pelo tempo que é
e pelo tempo que virá
Sabemos que a dor doi
que o amor é
e o olhar sempre se cruzará.

Beijo-te.

aTuAaUsÊnCiA

A tua ausência morde-me o tempo e já não sei muito bem contar. Contar os dias que faltam ou contar os passos obrigatórios. Sabes que o me...