7 de julho de 2011

oLhAr


Leva-me ao fundo da montanha: Quero ver o mar. De lá consigo que os meus pés se encontrem. Para depois me perder na dança das ondas. No meio das conchas e das pedras do acaso. A seguir, construo um jardim onde todos possam rir. No fundo da montanha, perto do teu olhar.

3 comentários:

Maria disse...

Leva-me ao fundo de ti. Quero ver o teu olhar!

OUTONO disse...

Leva-nos ao fundo da tua palavra...seguramente encontraremos o mar d'alma da tua enseada!

Ailime disse...

Amigo,
Muito belo e profundo o que transmite através dos seus sublimes poemas.
Beijinhos,
Ailime

PoDeSeR

Pode ser que os dias sejam apenas ilusões Pode ser que cada sonho se limite ao sumo das canções Pode ser que um poema consiga abrir o mar Po...