17 de junho de 2010

0s0rRiSo


Este sorriso que o teu olhar abraça

Faz-se rio nesse rosto que me acena

Sou-te amor e tempo que não passa

Porque te amo e só isso vale a pena

.

Este sorriso que assim me fala

Faz-se estrada, falésia, vida que me corta!

Sou-te vagabundo que nunca se cala

Porque te amo e só isso me importa

.

Este sorriso que o teu olhar chama

Faz-se canto doce de paixão que não sossega

Sou-te tanto em mim e tudo me inflama

Porque te amo e só isso nunca chega

.

Este sorriso que o teu olhar quer

Faz-se tudo que tudo nunca é demais

Sou-te mundo no teu corpo de mulher

Porque te amo e isso é ser-nos sempre mais!


4 comentários:

G... disse...

Feliz de quem sorri em ti!

Fantástico, como sempre, Pedro!

Maria disse...

Sorrio-te, sem palavras para te dar.
Porque o amor é tão bonito quando se sente assim.

Beijos, tantos.

Apenas eu disse...

Não importa a que diriges as tuas palavras doces, o que realmente importa é esse teu sentir, esse teu olhar malandro, esse sorriso que se vê a Km´s ser malandro mas delicioso...

Gosto muito de Ti Pedro.
Um Grande beijinho e um xi-coração :)

Agora vou-me atrever e vou escrever aqui uma coisa que li algures tipo frases do café Nicola:

"um dia faço 300 km's para estar contigo e outros 300 para voltar para meu marido" :)) sei que parece humor negro :)) mas adoro!

beijos Pedro
nunca percas teu sorriso nem a tua capacidade de amar.

OUTONO disse...

Entre o pensar, dizer e escrever...há um verbo que exalta a vontade...
Amar...

Um abraço

LeGeNdA

Pac-man e suas princesas