23 de abril de 2011

p0eMa


Solta no ventre das flores, a palavra faz-se poema. Em cores e cheiros de tanto. Por isso às vezes o silêncio é tão precioso...

3 comentários:

Maria disse...

E em silêncio fico. Olhando esta flor de um qualquer jardim teu. Retendo o cheiro a maresia e a sargaço que vem do teu olhar.

Beijo-te.

OutrosEncantos disse...

Pedro,

que a tua Páscoa seja feliz e tranquila.
fica no meu abraço.

OutrosEncantos disse...

... é linda essa camélia!
:)

aLuCiNaÇã0

Prometo-te um poema de amor, meu amor. Sim, hei-de chamar-te "meu amor"... Posso, meu amor? Gosto da palavra "amor&quo...