1 de abril de 2011

VeNt0sEnTeEsTeNóS


Vou estar mais uma vez no CLUBE LITERÁRIO DO PORTO, desta vez num recital preparado com a Carla Marques. Os poemas são dela. As canções são minhas. Aproveitei esta oportunidade para estrear 6 canções novas que dedico ao vento e ao amor. Porque é o vento que me faz respirar e nele ouço a voz dos corações. Sem vento as searas paralisam e morrem; as ondas secam; e a vida mente. Este vento de mim é assim. A ternura que se lança nos horizontes e que se deixa entrelaçar a quem tem as janelas abertas. Respiras? Então sente estes nós!

4 comentários:

Maria disse...

Eu respiro. Às vezes mal. E tu?
Sim, sinto este nós!

Abraço-te. Sim!

Apenas eu disse...

sim...por enquanto...

beijo-Te

zmsantos disse...

Que os laços se entrelacem, na alma e na voz.

Abraçinho.

Filoxera disse...

Aposto que a inspiração que o vento te traz continuará em alta e esta será mais uma noite maravilhosa.
Beijos.

PoDeSeR

Pode ser que os dias sejam apenas ilusões Pode ser que cada sonho se limite ao sumo das canções Pode ser que um poema consiga abrir o mar Po...