4 de janeiro de 2008

SaLt0

.
.

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

.
.
.
.
.
. .
. . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . .
. . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . .
. . . .

. . . . . . . . . .
Gostava de encontrar um cavalo que me levasse até dentro de um conto de fadas. Só um bocadinho... para sentir o perfume e o calor das suas cores.. para respirar o ar dos sonhos; dos tempos... para me deixar contemplativamente às voltas de todas as suas personagens... sem ser visto... só para ver e cheirar... caminhar por entre todos os enredos... nunca ter medo do medo porque sei o que vai acontecer... apenas para ficar... por um momento só. Para depois ao voltar poder dizer que consegui!

7 comentários:

Maria P. disse...

Conto de fadas, um desejo, um sonho...

Beijos*

tufa tau disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tufa tau disse...

consegui ser invisível por um dia
passar ao lado de todos e todos de mim
ver sem ser visto, como magia
brincar ao faz de conta, porque sim

gostava de viver dentro de um conto
por um momento só, apenas uma hora
viajar até ti sem haver desncontro
caminhar num sonho sem dele saltar fora

beijo

Maria disse...

Um sonho por cumprir....

Um beijo para ti, Pedro

Acordomar disse...

"Nao ha machado que corte ...."

Tão bonito o que se pode ver atravez duma simples janela

Beijinho*

Lu disse...

Conseguiste ser feliz? Só dentro de um conto de fadas... mas depois a queda pode ser maior. Eu sei.

sombra e luz disse...

que linda janela por entra luz e cor!... que bem se respira...

aLuCiNaÇã0

Prometo-te um poema de amor, meu amor. Sim, hei-de chamar-te "meu amor"... Posso, meu amor? Gosto da palavra "amor&quo...