18 de abril de 2009

m0mEnToDePuRaFeLiCiDaDe

.
.
.
.
.
.
.
.
.
Carregado de mim te encontro feita rio
Na corrente de um sorriso aberto em nós
O amor segue leve e vadio
Sem ter pressa, entre a nascente e a foz

Carregado de mim te encontro na saudade
Que o tempo vai e vem sem se calar
O amor é um vento sem idade
De palavras que ecoam ao passar

Carregado de mim te encontro assim feliz
Canção eterna que dará à luz
Sei-te onda, praia ou raiz
Uma estrela que se dá e nos seduz

Carregado de mim te encontro na chegada
Da partida de um novo regresso forte
E nos passos mais que certos da entrada
Saberemos construir a nossa sorte

Carregado de mim aqui estou de punho erguido
Gritando a fome e a inquietação
De te querer mesmo que perdido
De te perder mesmo que não

Carregado de mim aqui fico amante e doce
Porque te quero como a vida corre
E seremos sempre como se fosse
E morreremos sempre como se morre

E cantaremos sempre como se canta
E amaremos sempre como se ama
Carregado de mim em ti, como manta
Carregado de nós, em nós, como cama

Saberei eu como se sabe?
Que o que carrego é o fruto da eterna sabedoria?
Que no amor tudo vale e tudo cabe,
Que nos meus olhos te pinto cada dia?

Na ternura me deito e aconchego
No calor, no silêncio, no leve toque...
Na embriaguês do desassossego
No beijo, no abraço, no choque...

Seria capaz de não parar de escrever(-te)!
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

NOTA: Eufórico de uma noite cheia de emoções e energia onde tive o privilégio de estar e participar, cheguei a casa com toda a força para construir uma praia para correr e saltar. Resolvi deitar para trás das costas todos os pensamentos que me pudessem parar e deixei fluir as palavras. Não queria uma obra de arte. Ou um bom poema. Nem sequer algo que me orgulhasse mais tarde. Quero lá saber! Apeteceu-me PORQUE SIM. E dedico este momento de pura felicidade a todos os que amo.

12 comentários:

Maria disse...

Só me apetece sorrir. A cada palavra tua. A cada verso que sinto. No verso onde me revejo. Só me apetece sorrir. Porque aqui me vejo nua. É nos teus olhos que pinto e te desenho um beijo. Só me apetece sorrir. De alma lavada cheguei. Foi intenso o nosso grito. Sabemos o que nos mói. Só me apetece sorrir. Perdida não sei se andei. Mas neste verso bonito. Sabemos o que nos dói. Só me apetece sorrir. Sabemos o que nos rói...

Queria abraçar-te tanto, porque sim!
Um beijo GRANDE, Pedro.

Leticia Gabian disse...

"PORQUE SIM" é a melhor e a mais completa resposta que se pode dar, diante do melhor da vida, daquilo que nos faz vivos.

Sim senhor, foi uma noite que nos encheu de euforia. Quem venham outras mais e outras e outras e outras....

P.S. Tudo que flui de dentro do coração e da alma é, por essência, uma obra de arte.

Abraços meus e de Zé

as velas ardem ate ao fim disse...

Nasceu a Margarida???

Se sim Parabéns Papá!

bjo

Apenas eu disse...

Quanta cor!
Estou feliz, porque tu estás feliz.
porquê?

PORQUE SIM.

Um beijo desta tua Amiga que te quer muito bem.

Carol disse...

Pedro,

Estou tao extasiada a ler estas tuas palavras, tao cheias de vida, tao positivas ... amei :)

Quando as emoçoes tomam conta de nós, as palavras brotam com outra intensidade ... e na tua vida, estás a viver tantas actualmente.

Continua sempre assim apenas ... PORQUE SIM !!!

Uma beijoca carinhosa para ti e para os que te sao mais próximos :)

mariam disse...

Pedro,

é fantástico ler-te ... assim

de emoções a transbordar
sorrisos serenos mas com efeitos tipo vulcões...

este poema é um verde prado carregadinho de sensações...

.parabéns.

um abraço apertado
e um sorriso :)
mariam

cristal disse...

LINDO esse momento...

Abraço Pedro

Lídia disse...

... fico feliz por te saber feliz.

A CONCORRÊNCIA disse...

Que este teu momento de pura felicidade se mantenha eternamente, e que muitas mais noites sejam cheias de emoções e energia. Porque sim ...

Um sorriso grande, grande ...

raquel disse...

abraço bem apertado lindo!

Maria P. disse...

Fantástico!

Beijinho*

i_girao disse...

esta de pe o desafio de fazer eu as fotografias e serem ilustradas pelos teus ilustres poemas??
bj bj

Inês Girão

LeGeNdA

Pac-man e suas princesas