11 de agosto de 2010

aPeRt0


Um dia virei buscar-te nesse conto de fadas que teimas em inventar. Eu sei. As minhas palavras são pontes. Por isso é que nunca partimos.

4 comentários:

G... disse...

Por isso é que vamos deixando ficar.
Ño encanto das tuas palavras.
Lindo, Pedro.
Um beijo

Maria disse...

Irei buscar-te onde estiveres sempre que quisermos. Porque te sei tão perto. Porque te sei tão dentro. Porque te sei tão nós.

Beijo-te.

zmsantos disse...

Das sete fadas que te fadaram, dizem, fazedoras de pontes entre o ir e o chegar, entre o partir e o ficar, entre o rir e o chorar, neste tempo de inventar palavras que nos unem.
Tenho saudades do teu abraço fraterno...

Apenas eu disse...

acabei de ler estas tuas palavras, e só me apetece dizer e vou dizer-te, vou buscar uma cadeirinha e sentar-me á tua espera :))

agora a sério, és tu, são as tuas palavrasquenosunem e fazem uma ponte tão forte que ninguém parte.

beijos e um abraço muito especial

aTuAaUsÊnCiA

A tua ausência morde-me o tempo e já não sei muito bem contar. Contar os dias que faltam ou contar os passos obrigatórios. Sabes que o me...