9 de janeiro de 2012

cArLoS

Deixa que o mar te leve, irmão
Ao som dançante de uma viola
Nos calos que os dedos pintaram na tua camisola
Forte como tu, ao sabor da tua paixão!
Deixa que o mar te leve e te marque para sempre no meu coração.

aLuCiNaÇã0

Prometo-te um poema de amor, meu amor. Sim, hei-de chamar-te "meu amor"... Posso, meu amor? Gosto da palavra "amor&quo...