9 de janeiro de 2012

cArLoS

Deixa que o mar te leve, irmão
Ao som dançante de uma viola
Nos calos que os dedos pintaram na tua camisola
Forte como tu, ao sabor da tua paixão!
Deixa que o mar te leve e te marque para sempre no meu coração.

PoDeSeR

Pode ser que os dias sejam apenas ilusões Pode ser que cada sonho se limite ao sumo das canções Pode ser que um poema consiga abrir o mar Po...