9 de janeiro de 2012

cArLoS

Deixa que o mar te leve, irmão
Ao som dançante de uma viola
Nos calos que os dedos pintaram na tua camisola
Forte como tu, ao sabor da tua paixão!
Deixa que o mar te leve e te marque para sempre no meu coração.

aTuAaUsÊnCiA

A tua ausência morde-me o tempo e já não sei muito bem contar. Contar os dias que faltam ou contar os passos obrigatórios. Sabes que o me...