16 de fevereiro de 2008

pEs0

Sou tão pesado que às vezes nem aguento mais um sopro











29 de Outubro 2007

6 comentários:

sombra e luz disse...

tudo tão quieto...

pose?... pausa?... ou peso?... penso... e é então que vejo o pássaro a beber à borda da água... sorvendo a vida no tempo que passa... depois sem peso levanta voo... o o sopro das suas asas leva as nossas almas consigo... é o contrário do peso... é o principio da liberdade, para sempre, sem idade...

Maria P. disse...

...não creio...

Beijos*

Maria Laura disse...

... ou tão leve que com um sopro voarás. :)

Maria disse...

Diria que és tão firme que aguentas vendavais....

Beijo, Pedro

Ana disse...

Ou será o peso da vida!!!

Beijo

gabriela r martins disse...

tomara

minhas

as

tuas

palavras

.
toma




um beijo

LeGeNdA

Pac-man e suas princesas